Parte-me o coração


Coração partido

Um coração partido, não acontece pelo que alguém faz consigo, mas pelo que você não consegue fazer por alguém que ama. Parte-me o coração não poder ser mais como as pessoas que amo querem, precisam, esperam, desejam de mim, o que eles acreditam que ajudaria o nosso relacionamento. Parte-me o coração ter que escolher entre ser EU e negar quem sou. Parte-me o coração não ser capaz de dar, não ter nada a oferecer, nem uma promessa. Às vezes, parte-me o coração não ser "normal".

A menina em mim, fantasia, se ao menos eu tentasse um pouco mais, se ao menos eu me comportasse como me ensinaram, se eu pudesse fazer um esforço para ser mais como os outros à minha volta ... Ai, ela esconde-se e teme o pior. Ela teme ser abandonada, rejeitada, não amada, não boa o suficiente, não ser digna. Outras vezes, ela sai aos berros; "Por que não podes estar disposta a fazer coisas como, celebrar Natal, ou comer comida que outras pessoas comem, ou pensar como todos os outros?" Nos dias bons, eu escuto-a atentamente e explico-lhe o valor de saber quem somos. Eu seguro-a bem perto de mim e amo-a tanto, eu sinto a sua dor, e eu sei que não há nada que eu possa fazer. Outros dias, os menos bons, eu bato-me e tento

justificar-me com informações. Li algures que apenas 32% da população do planeta são cristãos e outros 13% que apesar de não se identificarem como tal também celebram o Natal. Não posso estar sozinha! Mas mesmo assim, eu sei que isto não é sobre o Natal, nem sobre comida, nem da forma como penso... É sobre desejar que fosse mais fácil para aqueles que eu amo, ter-me nas suas vidas . Isto ê o que verdadeiramente vidas. Isso é verdadeiramente o que me parte o meu coração.

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Blogger Icon

TAMBÉM ME ENCONTRA AQUI