Sob o feitiço


Sob o feitiço andei, tentei, da melhor maneira possível,

Tentei ser melhor ... melhor do que o que eu nasci,

O objetivo era melhorar, para isso trabalhei, como se eu pudesse fotoshop quem sou.

Muito no fundo, eu sempre soube que essa missão era irrealista.

Mas o feitiço era uma pervaisiva voz de fora que diz, sê perfeito ou morre ...

Não admira que eu quisesse morrer, não, eu queria realmente morrer, era mais o oposto, eu quero acabar com esse feitiço, quero acordar, quero viver, é só.

Agora, olho para trás e por mais intrigado que esteja, sinto que não faz sentido.

Mas isso, que chamo feitiço, pode ser chamado propaganda, ignorância coletiva,

Independentemente do que chamemos, traz uma promessa irrefutável e muito poderosa,

A promessa de segurança, proteção, aceitação, amor, reconhecimento, felicidade.

Como é que uma criança pequena pode recusar uma promessa tão absoluta e completa quanto esta?

Segui cegamente, tornou-se parte da forma como penso e sinto

À parta daquela voz cá dentro, deste saber, este sentir dentro de mim

Sempre houve uma parte em mim que sabia que isso era falso, uma fantasia,

Mas ainda assim, a promessa é tão cheia de brilho e magia, faz parecer tão fácil,

tudo o que eu tinha que fazer era ser perfeito!

Ao olhar para trás, sinto que estou a acordar dum pesadelo,

do feitiço maligno, o feitiço da perfeição.

Agora, olho para trás e sorrio e, por mais intrigado que esteja sobre o que fazer a seguir

Sei que tenho que perguntar, e daqui a 10 anos, daqui a 20 anos,

Quando olhar para trás, o que eu quero ver?

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Blogger Icon

TAMBÉM ME ENCONTRA AQUI